Imprimir

Organização da informação em Ambiente Virtual de Aprendizagem

RESUMO

Este artigo aborda a desorientação de usuários em hipermídias. Efetuou-se a pesquisa bibliográfica sobre arquitetura da informação com o objetivo de evidenciar o problema da desorientação de usuários apontandose, também, algumas questões que levam a esse fato. Apresentam-se esquemas e estruturas de organização, e ainda, a taxionomia como uma solução para melhorar a orientação dos usuários. Entendeu-se que estes sistemas de organização podem ser aplicados aos Ambientes Virtuais de Aprendizagem tendo-se em consideração a natureza pedagógica destes ambientes.


PALAVRAS CHAVES: Arquitetura da informação, hipermídia, ambiente virtual de aprendizagem

Artigo

Imprimir

Desenvolvendo Objetos de Aprendizagem SCORM aplicando a Arquitetura da Informação e Teoria da Flexibilidade Cognitiva

Desenvolvendo Objetos de Aprendizagem SCORM aplicando a Arquitetura da Informação e Teoria da Flexibilidade Cognitiva

Resumo: A elaboração de conteúdos para Educação a Distância é fator importante e crítico no apoio ao processo ensino-aprendizagem.
O esforço e custo despedido para o desenvolvimento desses conteúdos justificam que estes tenham características que favoreçam a sua reutilização como forma de melhorar potencialmente as possibilidades para a criação de cenários de aprendizagem.
O desenvolvimento de conteúdos com qualidade pode ser orientado por diferentes teorias sobre a cognição humana, como a Teoria da Flexibilidade Cognitiva, e também por princípios da Arquitetura da Informação, que regem a organização de conteúdos em hipermídia. A aplicação destes princípios e teorias deve ser possível em padrões para conteúdos interoperáveis para Educação a Distância. Busca-se então verificar a capacidade para o desenvolvimento de Objetos de Aprendizagem baseadas no padrão SCORM levando-se em consideração os princípios e diretrizes da Teoria da Flexibilidade Cognitiva e da Arquitetura da Informação.

Artigo